Nota do Comitê Nacional Lula Livre

Compartilhar

Nesta terça-feira (25/06) o Comitê Nacional Lula Livre – o qual o SINASEFE integra por deliberação da 157ª PLENA – lançou uma nota que aponta os caminhos para a luta pela liberdade do ex-presidente.

A nota foi lançada posteriormente às duas decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) de ontem (25/06), que negaram dois pedidos de habeas corpus a Lula. Um novo julgamento da Corte, ainda sem data, julgará o mérito do pedido da defesa do ex-presidente pela suspeição de Sérgio Moro a anulação de sua pena. Confira abaixo o texto da nota em sua integralidade:

As ruas irão conquistar a liberdade de Lula

A resolução tomada nesta terça-feira (25/06), pela segunda turma do STF, de manter a prisão do ex-presidente Lula, prolonga a série de injustiças praticadas na farsa montada para condená-lo.

A despeito das revelações do site The Intercept Brasil, com robustas evidências do conluio entre o atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e os procuradores da força-tarefa da Lava Jato para condenar Lula sem provas, o caminho escolhido pela maioria dos ministros do STF foi o de desconsiderar informações que comprovam a suspeição do ex-juiz.

Postergam, assim, o reconhecimento inevitável do que sempre disse Lula, sua defesa e todos os brasileiros que defendem a democracia: o julgamento imposto a Lula foi injusto e deve ser anulado.

O ex-juiz Sérgio Moro não agiu dentro da normalidade jurídica, não respeitou a devida imparcialidade ao apreciar o processo contra Lula e, inclusive, atuou em conjunto com os acusadores, contaminando todo o processo e todas as decisões que tomou no caso.

Deve-se elogiar os posicionamentos dos ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, que votaram por conceder liberdade a Lula até que se pudesse apreciar em profundidade as evidências da parcialidade de Moro.

Nosso papel agora é intensificar as atividades da campanha Lula Livre, multiplicando as ações de denúncia das injustiças praticadas contra o ex-presidente, no Brasil e no exterior, até que se ponha um ponto final em sua prisão política e se reconheça sua inocência.

Vamos impulsionar a mobilização popular dentro e fora do Brasil. Apenas a voz e o movimento das ruas pode resgatar o ex-presidente de seu cativeiro.

Imediatamente estamos lançando um abaixo-assinado pela anulação dos julgamentos do ex-presidente, para recolher o apoio de milhões dentro e fora do país. Assine aqui!

A bandeira da liberdade, da democracia e da justiça, mais cedo ou mais tarde, triunfará sobre o arbítrio e a ilegalidade.

Comitê Nacional Lula Livre