Tempo real: Grande Ato da Educação em Brasília-DF

Compartilhar

Veja abaixo a cobertura em tempo real das atividades do Grande Ato da Educação em Brasília-DF, realizado em 12 de julho, na Esplanada dos Ministérios.

Em meio à onda de protestos contra o fim da aposentadoria, o Presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), passou a admitir publicamente que pode não conseguir votar o 2º turno da Reforma da Previdência (PEC 6/2019) antes do início do recesso parlamentar:

Repercussão do Ato da Educação em Brasília-DF na imprensa:

Mesmo com o caráter pacífico do ato, onde os lutadores apenas protestaram contra o desmonte da Educação Pública, contra a Reforma da Previdência (PEC 6/2019) em votação no Congresso e contra o desemprego, a Polícia Militar dificultou a passagem dos manifestantes pela Esplanada dos Ministérios e prendeu oito pessoas:

Imagens dos blocos/colunas de movimentos/entidades em marcha no Grande Ato da Educação em Brasília-DF:

Mais de 15 mil lutadores marcham rumo ao Congresso Nacional cobrando Educação, Emprego e Aposentadoria:

Ato da Educação tomando a Via S1 da Esplanada dos Ministérios rumo ao Congresso Nacional:

David Lobão, coordenador geral do SINASEFE, fala em nome do sindicato e saúda os lutadores no Ato da Educação em Brasília-DF:

“Lula Livre, Não Tem Prova, Não Tem Crime”, cantam estudantes e trabalhadores no ato:

Polícia Militar do Distrito Federal mobilizou forte efetivo para o ato (uma pena que não se mobilizam de igual maneira para prender um certo “juiz ladrão”):

Paulo Reis, 2º tesoureiro do SINASEFE, fala da concentração do Ato da Educação em Brasília-DF:

Rúbia Sagaz, secretária geral do SINASEFE, fala da concentração do Ato da Educação em Brasília-DF:

Cerca de 10 mil trabalhadores e estudantes na concentração do Grande Ato da Educação em Brasília-DF:

Ato da Educação em Brasília-DF está quase pronto para tomar as ruas rumo ao Congresso Nacional:

Concentração aumenta e já são mais de duas mil pessoas no Ato da Educação:

Concentração do ato entre a Biblioteca e o Museu Nacional, na via S1 da Esplanada dos Ministérios: