Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui:
Orientações para #OcupaBrasília de 24/05
Publicado por Mário Júnior - Ter, 16 maio 2017 00:19

As principais Centrais Sindicais brasileiras convocaram o #OcupaBrasília para o próximo dia 24 de maio (quarta-feira da semana que vem). O SINASEFE, desde já, conclama suas bases à mobilização e à construção de caravanas para tomada da capital federal na marcha contra a Reforma da Previdência (PEC 287/2016), contra a Reforma Trabalhista (PLC 38/2017) e contra as terceirizações (Lei 13.429/2017).

Trazemos aqui algumas orientações e informações sobre a caravana que foram definidas nesta segunda-feira (15/05), em reunião operacional das Centrais Sindicais em Brasília-DF – que contou com a participação de representantes do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasef). A expectativa da organização do evento é que cerca de 100 mil pessoas venham ao ato – que promete ser histórico!


Orientações aos caravaneiros

  • Data para estar em Brasília-DF: 24 de maio de 2017;
  • Concentração: às 11 horas da manhã (importante que as caravanas cheguem pela manhã);
  • Local: Estádio Mané Garrincha (Eixo Monumental, Via N1, Asa Norte);
  • A marcha sairá rumo ao Congresso Nacional após o almoço.

Estrutura

  • 9 tendas (uma para cada Central Sindical) serão montadas na concentração da marcha;
  • O SINASEFE convoca suas bases à concentração na tenda da CSP-Conlutas;
  • 300 banheiros químicos serão instalados;
  • 4 ambulâncias e 12 brigadistas estarão em prontidão para socorrer emergências;
  • 3 trios elétricos farão a condução/organização da manifestação, que terá caráter reivindicatório (contra a perda de direitos) e pacífico.

Contato com a DN

Pedimos que nossas seções sindicais que organizarão caravanas para o #OcupaBrasília entrem em contato com a Direção Nacional (DN) do SINASEFE para informar o quantitativo de lutadores que estarão trazendo a Brasília-DF em 24/05 – esse controle está sendo feito por cada sindicato/entidade com suas respectivas bases.

O contato pode ser feito pelo e-mail dn@sinasefe.org.br ou pelo telefone/WhatsApp (61) 99617-6804 - A/C do diretor Paulo Reis.


Esforço máximo das seções

Sugerimos, ainda, que nossas seções se esforcem ao máximo para garantir a maior quantidade possível de lutadores em Brasília-DF no dia 24/05.

Que as vagas em nossos ônibus possam ser garantidas para filiados e não-filiados, assim como também para estudantes e movimentos populares. E que as seções que ainda possam contribuir financeiramente com a organização de outras caravanas, o façam.

O momento é de unidade e solidariedade da classe trabalhadora para garantir que nenhum dos nossos direitos seja retirado!


A importância da caravana

A caravana a Brasília-DF de 24/05 será muito importante para impulsionar a convocação pelas Centrais Sindicais de uma nova Greve Geral dos trabalhadores brasileiros – que seja ainda maior que a de 28/04. Tanto o SINASEFE NACIONAL (por deliberação da 149ª PLENA) quanto a Central Sindical a que somos filiados (a CSP-Conlutas) defendem a convocação imediata dessa nova Greve Geral.

Para fazer do #OcupaBrasília de 24/05 um movimento vitorioso necessitaremos que nossas seções sindicais se agrupem/integrem aos comitês e frentes locais com outras entidades classistas, populares, sociais e estudantis que estejam constituindo caravanas rumo à nossa capital.

Além do mais, em 24 de maio pode acontecer a primeira votação da PEC 287/2016 no plenário da Câmara. Caso isso aconteça, nosso movimento do #OcupaBrasília pode ser decisivo para enterrar de vez a proposta do governo de Reforma da Previdência – atualmente Temer e sua quadrilha seguem sem os 308 votos necessários para garantir a aprovação do texto, embora muitos parlamentares estejam leiloando seus apoios em jantares e conversas de gabinete.

Apenas 4% da população apoia o governo Temer. 92% veem o país no rumo errado. A hora de derrubar esse governo golpista e ilegítimo com todo o seu conjunto de ataques é essa: vamos à luta e, com ela, alcançaremos a vitória!


Conteúdo relacionado