Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
22/11: defender a Previdência Pública e a Seguridade Social
Publicado por Ascom Sinasefe - Sex, 16 nov. 2018 17:56

Acompanhando as deliberações recentes das centrais sindicais, o SINASEFE reforça o chamado às mobilizações que acontecerão em todo país na próxima quinta-feira, dia 22 de novembro. Material unificado da Campanha Permanente em Defesa da Previdência e Seguridade Social pode ser utilizado nesta data durante as panfletagens, mobilizações, assembleias etc. O sindicato também elaborou panfleto para a Rede Federal de Educação.


Defesa da Previdência

Em plenária unificada, realizada na sede do Dieese, em São Paulo, na segunda-feira (12), as centrais sindicais brasileiras oficializaram a retomada da mobilização em defesa da aposentadoria e da Previdência. A iniciativa é uma resposta às propostas de reforma em discussão pelo governo Temer e pelo presidente eleito Jair Bolsonaro que representam o fim da aposentadoria e dos direitos previdenciários dos trabalhadores.

Um primeiro plano de luta já foi definido. O próximo dia 22/11 será um dia nacional de mobilização, com a realização de assembleias e panfletagens em todo o país. No dia 26/11, data que marca a criação do Ministério do Trabalho, as centrais realizarão manifestações em frente às Secretarias Regionais do Trabalho, em protesto à proposta do governo Bolsonaro de extinguir esse ministério.

Confira o panfleto unificado da Campanha Permanente em Defesa da Previdência e da Seguridade Social assinado pelas Centrais Sindicais.


A Rede Federal resistirá!

Somado ao ataque à Previdência, o novo governo se mostra desfavorável à atual configuração da Rede Federal de Ensino. "No campo da educação, os ataques anunciados são monumentais. Um dos alvos principais do próximo governo será a Rede Federal de Educação, notadamente o ensino integrado. Desde o primeiro semestre, o SINASEFE tem construído a Campanha em Defesa da Rede Federal: educação não é mercadoria, é direito! Diante da ofensiva reacionária e dos ataques estruturais à educação pública e ao conjunto do funcionalismo público, o momento político exige a mais ampla unidade de ação e resistência e a construção de um calendário unificado de lutas", destaca a resolução da 156ª PLENA.

Baixe aqui o panfleto do SINASEFE (em A4, resolução completa da 156ª PLENA e calendário unificado).

*Com informações da CSP-Conlutas

Última atualização em Seg, 19 nov. 2018 15:02