Sindicato Nacional dos Servidores Federais
da Educação Básica, Profissional e Tecnológica


Representante dos docentes e técnico-administrativos da Rede Federal de
Educação Profissional, Científica e Tecnológica
Filiação:



Você está aqui: Início Notícias
157ª PLENA: greve no 8M, 33º CONSINASEFE e luta contra Reforma da Previdência são destaques
Publicado por Ascom Sinasefe - Seg, 18 fev. 2019 19:30

alt
Fortalecer a centralidade da luta contra a reforma da previdência, incorporando o conjunto das lutas da classe trabalhadora. Proposição foi aprovada por unanimidade na tarde do último sábado (16/02), segundo dia da 157ª PLENA. Adesão à greve mundial das mulheres, 33º CONSINASEFE, e mais de cem propostas elaboradas nos grupos de trabalho, também foram aprovadas no primeiro fórum deliberativo do SINASEFE em 2019: "Tirem as mãos da aposentadoria: nenhuma negociação, nenhuma concessão. Rumo a Greve Geral!"


Grupos de trabalho

Divididos em quatro grupos de trabalho, os participantes debateram, por quase duas horas, temas como as prioridades do SINASEFE nesta conjuntura, campanha em defesa da Rede Federal e a reforma da previdência. Grupo de Trabalho 1, com a coordenação de Sady Salomão e Dominique Martins, priorizou o debate das seguintes questões: Nesta conjuntura de ataques múltiplos, quais prioridades o SINASEFE elege para o enfrentamento na defesa da Rede, dos direitos da categoria e da classe? & Como atuar junto à população em geral para engajamento na Campanha em Defesa da Rede Federal de Educação? Grupo de Trabalho 2, coordenado por Paulo Reis e Márcia Teani, focou na seguinte questão: Quais as prioridades da luta do serviço público federal? (preparação para o debate na Reunião Ampliada do Fonasefe). Grupo de Trabalho 3, que teve os trabalhos coordenados por David Lobão e Luciana Martins, debateu a questão: Como encarar o desafio de construção e fortalecimento da unidade para as lutas (frentes, centrais, estudantes, movimentos sociais)? Grupo de Trabalho 4, coordenado por Rúbia Sagaz e Sena Moreira focou suas discussões na Reforma da Previdência.


Militarização das escolas no DF

Denunciando a militarização das escolas públicas, em curso no Distrito Federal, Thiago Rodrigues, Roberto Schiavini e João Felipe Souza, professores da Secretaria de Estado de Educação do DF, apresentaram informe na 157ª PLENA. A violência simbólica presente no processo, considerado uma intervenção militar pelos professores que trabalham nas escolas militarizadas, expressa na imposição de farda (cujo custo supera R$ 500), do corte de cabelo e penteado, foi um dos problemas destacados. Para eles, a nova gestão das escolas, com a presença de um "diretor disciplinar", ao mesmo tempo que conta com o apoio da comunidade e rasga os planejamentos poítico-pedagógicos construídos coletivamente.


Informes da Direção Nacional

Ponto de informes da Direção Nacional teve a participação de oito diretores: Magda Furtado, abordou o III ENE, destacando que o período de inscrições do evento será de 7 a 31 de março; Camila Marques, falou sobre viagens internacionais em que representou o SINASEFE (Argentina e Cuba); David Lobão, que comentou o lançamento do Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos e Liberdades Democráticas ; Dominique Martins comentou o trabalho da Coordenação de Políticas para Mulheres e mapeamento do cumprimento da paridade de gênero nas seções; Elenira Vilela fez o convite à participação no congresso da Intersindical Central da Classe Trabalhadora, na condição de observadores; Paulo Reis, abordou a participação do SINASEFE na plenária intercategorias; Felipe Oliver e Cristiane Oliveira apresentaram o trabalho da Coordenação de Combate às Opressões, convidando a categoria a participar da elaboração de materiais.


CNS e CND

Comissão Nacional de Supervisão da Carreira (CNS) e Comissão Nacional Docente (CND) apresentaram seus informes. A presença da base do SINASEFE no Fórum de Garopaba-SC, a organização do seminário de carreira e a participação de suplentes nas reuniões estiveram em pauta.


Frente Escola Sem Mordaça

Sindicalizados do SINASEFE que participam da Frente Nacional Escola Sem Mordaça também se posicionaram no item de informes. Fabiano Faria, Marcelo Assunção e Moema Carvalho abordaram o mapeamento dos projetos de escola sem partido, o novo site da frente e a manutenção do trabalho de bolsistas.


CSP-Conlutas

Magda Furtado e David Lobão, integrantes da SEN/CSP Conlutas, encerraram o ponto de informes falando da reunião da Coordenação da Central, marcada para próxima semana, a Assembleia Nacional dos Trabalhadores, e os debates preparativos para o Congresso da CSP-Conlutas, que terão início em agosto.


Encaminhamentos dos GT

No período vespertino, retomada dos trabalhos da plenária teve o debate dos encaminhamentos dos GTs que receberam destaque dos participantes. Discussão envolveu itens como o alerta às bases sobre falta de solidez no projeto dos IF, a adoção de um índice de reajuste para campanha salarial dos SPF e a utilização da metodologia de GT nos fóruns do SINASEFE. Os encaminhamentos aprovados estão sob sistematização e estarão disponíveis em breve.

8M: greve internacional de mulheres

Plenária também fez o debate do 8M (movimento paredista internacional de mulheres) e do Encontro de Mulheres do SINASEFE. Mesa foi composta por doze das 14 mulheres que fazem parte da atual gestão da DN, a primeira composição paritária da história do sindicato. Delegados e delegadas aprovaram, sem votos contrários, a adesão do SINASEFE à Greve Internacional de Mulheres no dia 8 de março. Realização de assembleias com este tema e uma semana de lutas de 8 a 14 de março, também foi deliberada. O 2º Encontro Nacional de Mulheres será realizado junto ao 33º CONSINASEFE.


33º CONSINASEFE

Finalizando seus trabalhos, 157ª PLENA aprovou a realização do 33º CONSINASEFE em Goiânia-GO, entre os dias 30 de maio e 2 de junho. Tema do evento também foi definido pelos participantes: É preciso lutar, é possível resistir!


Cobertura completa

Vídeos, fotos e encaminhamentos estão em edição e estarão disponíveis em breve. Seções Sindicais também realizaram a cobertura da atividade, confira no site do Sinasefe Brasília e no Facebook do Sinasefe Natal.

Conteúdo relacionado

Última atualização em Seg, 18 fev. 2019 19:49