Assembleia do Sintietfal repudia ataques contra professor do Ifal

Compartilhar

Na manhã desta quinta-feira (30/05), trabalhadores do Ifal manifestaram apoio ao professor Wanderlan Porto. Organizados no Sintietfal, seção sindical do SINASEFE, docentes e técnico-administrativos, reunidos em assembleia geral, aprovaram a seguinte nota:

O professor do Ifal Wanderlan Porto está sendo difamado e ameaçado pela extrema-direita. Após seu discurso em defesa do Ifal viralizar nas redes sociais, o docente passou a ser alvo de ataques até do Ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Ao contrário do que desejam os defensores da inconstitucional Escola Sem Partido, a defesa da educação não é crime e os estudantes e servidores estão unidos em prol da escola pública, ameaçada pelos cortes do governo Bolsonaro.

Nesse sentido, entendemos ser legítima a fala do professor na atividade promovida pelo Sintietfal, em parceria com o Grêmio Edson Luís e a Federação dos Estudantes em Ensino Técnico, denominada Plenária Unificada em Defesa do Ifal, realizada no intervalo das aulas do último dia 29 de maio.

Em sua fala, Porto disse que se orgulha de ele mesmo e seus pais serem formados em escolas técnicas, repetiu a declaração do Reitor do Ifal de que a instituição só tem recursos para funcionamento até setembro, e afirmou enfaticamente que os estudantes precisam lutar pela educação.

Plenária em Defesa do Ifal – Professor Vanderlan

📹 Em Defesa do IfalFala emocionante do professor Wanderlan Porto na Plenária em Defesa do Ifal, realizada no Câmpus Maceió.Divulgue! Faça sua parte na Defesa da Educação!#30MvaiSerMaiorVamos às ruas!Manifestação em Maceió🗓 30 de Maio ⏰ 13 horas📍 Praça CentenárioManifestação em Arapiraca🗓 30 de Maio ⏰ 9 horas📍 Praça da PrefeituraManifestação em Palmeira dos Índios🗓 30 de Maio ⏰ 9 horas📍 Praça São PedroManifestação em Delmiro Gouveia🗓 30 de Maio ⏰ 8 horas📍 Coreto

Posted by Sintietfal on Wednesday, May 29, 2019

A perseguição a docentes e à reflexão crítica virou a prioridade deste governo. Não podemos deixar que a perseguição ideológica se instale no ambiente escolar, que deve estar aberto para o debate franco e democrático de ideias sem qualquer tipo de constrangimento ou perseguição.

O Sintietfal se coloca ao lado de Wanderlan Porto em seu apoio irrestrito. Não toleraremos nenhum tipo de represália. Nosso setor jurídico já está tomando as devidas providências tanto em defesa de Wanderlan quanto no combate às calúnias.

#SomosTodosWanderlan

Maceió, 30 de maio de 2019

Assembleia Geral Ordinária do Sintietfal