NotíciasPolítica

Diga não à Reforma Administrativa!

Quando você está doente ou sofre um acidente, você precisa do hospital público. Lá estão médicas, enfermeiros e outros profissionais de saúde prontos para cuidar de você. São servidores públicos.

Quando você tem alguma ameaça contra sua saúde, como dengue, zika e chikungunya, agentes sanitários visitam seu lar e te ajudam a se proteger. São servidores públicos.

Você quer que seus filhos tenham um futuro digno e os leva à escola pública para que recebam educação de boa qualidade. A professora que dá a aula e a bibliotecária que separa os livros das suas crianças são servidoras públicas.

Nas ruas ou em casa, quando você se sente em perigo, você sabe que pode contar com a proteção e os serviços dos policiais e bombeiros. Eles também são servidores públicos.

O serviço público está ao seu redor, servindo, orientando, te ajudando a ter uma vida melhor. E faz isso pra você de maneira gratuita!

Mas a Reforma Administrativa de Bolsonaro (PEC 32/2020) quer retirar direitos destas pessoas, que fazem parte do seu dia a dia e que, muitas vezes, são até seus amigos e parentes.

Esses trabalhadores terão os salários rebaixados, as carreiras extintas e serão até mesmo terceirizados. Perderão o direito à estabilidade, permitindo contratações temporárias e facilitando práticas criminosas como a “rachadinha”.

A qualidade do serviço que você recebe será prejudicada e a oferta será reduzida. Isso tudo foi cuidadosamente planejado para beneficiar empresas privadas! Querem destruir os serviços públicos para que você seja obrigado a pagar por algo que deveria ser gratuito.

Pare e pense: sua vida melhorou após a Reforma Trabalhista (lei 13467/2017)? Melhorou após a Reforma da Previdência (EC 103/2019)?

Não deixe que retirem de você os serviços públicos de qualidade que você tanto precisa. Diga não à Reforma Administrativa!

Conteúdo relacionado

instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share