Intervenção do MEC no IFRN é derrotada na Justiça

Compartilhar

David Lobão, coordenador geral do SINASEFE, fala no vídeo acima sobre a decisão da 4ª Vara Federal do Rio Grande do Norte, que sentenciou ontem (01/05) pelo afastamento imediato do reitor pro tempore do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e determinou que o vencedor da eleição para a reitoria realizada em dezembro de 2019, o professor José Arnóbio de Araújo Filho, tome posse para o cargo em até 24 horas.

O coordenador do sindicato condenou a intervenção do Ministério da Educação (MEC) no IFRN, citando que ela aconteceu de maneira “plantada, através de um processo ilícito, totalmente fabricado”, e ainda prometeu que o sindicato não vai se acomodar com a decisão judicial e “irá acompanhar a posse do reitor passo a passo” – a qual deve ocorrer na próxima segunda-feira (04/05).

Leia também

Conteúdo relacionado