Intervenções do MEC: prazo para explicações ao MPF termina amanhã (30/04)

Compartilhar

Termina nesta quinta-feira (30/04) o prazo dado pelo Ministério Público Federal (MPF) ao Ministério da Educação para explicar nomeações de interventores na Rede Federal. No dia 20/04 a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) solicitou ao ministro Weintraub informações sobre as “razões que impediram a observância do resultado decorrente do processo eleitoral levado a cabo” no IFRN e IFSC.

O SINASEFE, com a participação massiva de suas seções sindicais, exige a posse dos reitores eleitos no IFRN e no IFSC, denunciando ostensivamente estas intervenções na Rede Federal. Além de repudiar as nomeações, o sindicato debateu o tema em transmissões ao vivo na semana passada e também nesta segunda-feira (28/04).

A PFDC tem atuado para assegurar a democracia e autonomia na Rede Federal, como já aconteceu durante a intervenção do MEC no CEFET-RJ, em agosto de 2019. Além da atuação via PFDC, o MPF, via procuradoria do Rio Grande do Norte, também instaurou um inquérito civil para apurar a nomeação de interventor no IFRN.

Conteúdo relacionado