Notícias

Médicos cubanos chegam na Itália

Uma brigada de 52 operadores sanitários cubanos (36 médicos, 15 enfermeiros e 1 administrador), muitos deles com experiência na luta contra o ebola no continente africano, desembarcou no último domingo (22/03) em Milão, na Itália, para ajudar o país na luta contra o coronavírus.

A comitiva viajou de Havana até o aeroporto de Malpensa, em um voo organizado pela Alitalia. O grupo trabalhará no hospital de campanha de Crema, na região da Lombardia, atual epicentro da COVID-19 no país. Em um mês, 4825 pessoas morreram na Itália devido ao coronavírus – foram 793 mortes no último sábado (21/03).

A brigada cubana “está pronta para trabalhar incansavelmente no tratamento e enfrentamento da COVID-19, junto aos profissionais de saúde da Itália”, disse seu chefe, Carlos Ricardo Pérez.

Outras brigadas cubanas irão para Nicarágua, Suriname, Granada e Jamaica. Atualmente, cerca de 30 mil profissionais da saúde de Cuba atendem em 61 países da África, América Central e Ásia. Os médicos cubanos trabalham em áreas pobres e sem cobertura médica destes continentes, demonstrando amor às vidas e solidariedade aos que mais precisam de serviços públicos.

Veja no vídeo abaixo o momento em que os cubanos chegaram na Itália:

Leia também

instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share