NotíciasPolítica

O que fazer para eleger Lula

Há muitas razões para votar em Lula para Presidente. A principal é tirar Bolsonaro do Palácio do Planalto e reconstruir o Brasil, que está sendo demolido pela aliança Milicianos-Centrão-Fundamentalistas Religiosos-Fanáticos Neofascistas-Elite Gananciosa.

Porém, não podemos cantar vitória antes do tempo. Nada garante que Lula será eleito e, caso seja eleito, que tomará posse em 1º de janeiro de 2023. Ameaças de golpe pairam sobre o Brasil e só há uma maneira de evitar essas graves ameaças à democracia: nossa mobilização!

Por isso, a Direção Nacional (DN) do SINASEFE orienta que suas seções sindicais façam parte da organização e da construção dos Comitês Populares de Luta!

  1. É preciso organizar os Comitês Populares de Luta para eleger Lula e derrotar Bolsonaro. Contate cinco pessoas – cada uma delas formará outro Comitê de cinco pessoas, e assim se fará uma multiplicação geométrica de lutadores pela eleição de Lula. Nesses contatos, mantenha informações que reforcem a candidatura Lula e enfraqueçam, sempre mais, as candidaturas dos que são apoiados por milicianos.
  2. Evitar formação de Comitês com muitas pessoas. Há o risco de se ficar no debate interno e não se engajar em ações práticas e efetivas.
  3. Dar ao Comitê um nome simbólico: Chico Mendes, Margarida Alves, Luther King, Hélder Câmara, Vladimir Herzog, Tito de Alencar Lima etc.
  4. Cada Comitê deverá denunciar as notícias falsas (fake news) e relembrar como o Brasil avançou nos 13 anos de governos do PT (Lula e Dilma). Assinale as conquistas:
    • combustível mais barato;
    • cotas nas Universidades Públicas;
    • programa Luz para Todos;
    • programa Minha Casa, Minha Vida;
    • correção anual do salário mínimo acima da inflação;
    • demarcação das terras indígenas;
    • Comissão da Verdade;
    • soberania nacional;
    • Programa Mais Médicos;
    • etc.
  5. Incluir na campanha eleitoral o candidato progressista para o governo do Estado, para o Senado, e candidatos a deputados federais e estaduais. Precisamos eleger a base parlamentar que dará sustentação ao governo Lula no Congresso Nacional.
  6. Abastecer de conteúdo o Comitê através do e-mail comitespopulares2022@gmail.com.
  7. Promover iniciativas lúdicas e desportivas com skates, bicicletas, motos e carros; apresentações musicais nos bairros da periferia; debates políticos presenciais e nas redes; atos religiosos ressaltando como os mestres espirituais e as grandes tradições religiosas sempre defenderam a justiça e a paz.
  8. Ignorar provocadores e golpistas.
  9. Anunciar o amor onde eles querem armas; paz onde querem conflito; respeito onde querem ódio; democracia onde querem ditadura; combate à desigualdade social onde querem tornar os ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.
  10. Acessar e debater o Projeto Popular para o Brasil.

Vamos à luta!

É hora de deixarmos de ser espectadores da conjuntura política e atuar intensamente para salvar a democracia brasileira, cujo resgate, após 21 anos de Ditadura Militar (1964-1985), foi pago com o preço da vida, do sangue e do sofrimento de toda uma geração heroica que não teve tempo de ter medo e fez derreter os anos de chumbo.

Salvemos a frágil democracia brasileira! Vamos eleger Lula para derrotar Bolsonaro!

Conteúdo relacionado

* Matéria produzida a partir de artigo de Frei Betto, publicado no site do Partido dos Trabalhadores