Reunião da CNS

Compartilhar

A Comissão Nacional de Supervisão (CNS) do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE) voltou a se reunir em Brasília-DF. O encontro começou na quarta-feira (21/08) e vai até o próximo sábado (24/08), com atividades na sede do sindicato – algumas em conjunto com a Comissão Nacional Docente (CND), com o Andes-SN e com a Fasubra Sindical.

Pauta

A pauta da reunião se divide em seis pontos. São eles:

  1. Reunião com a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC) – realizada ontem (21/08)
  2. Reforma administrativa:
    • redução de carga horária
    • demissão de servidores
  3. Comissões Internas de Supervisão (CIS):
    • pesquisa sobre funcionamento das CIS
    • relação entre CIS e CNS
  4. 2º Seminário de Carreira do SINASEFE
  5. Participação da CNS nos debates sobre carreira que acontecerão na 161ª PLENA – a ser realizada em Brasília-DF, nos dias 28 e 29 de setembro
  6. Transposição dos servidores dos Ex-Territórios Federais do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE) ao PCCTAE

Relatórios

Quando a reunião for finalizada, um relatório será produzido pelo grupo e o divulgaremos aqui em nosso site.

A reunião de ontem com a Setec/MEC também terá um relatório próprio, que será igualmente disponibilizado por aqui.

Participantes

Vieram à reunião os cinco membros titulares da CNS: Aliomar da Silva (Sinasefe Ifes-ES), Erlon dos Santos (Sinasefe Bambuí-MG), Leonardo Dias (Sinasefe IFS-SE), Matheus Santana (Sinasefe IFBA-BA) e Nivaldo Cesário (Sinasefe IFSP-SP).

Imagens

Confira abaixo as fotos da reunião da CNS disponíveis em nossa galeria de imagens:

Sobre a CNS

A CNS do PCCTAE é um grupo técnico e de assessoria do SINASEFE que trata das questões relativas às carreiras dos técnico-administrativos representados pelo nosso sindicato, sendo estas:

  1. a carreira do PCCTAE;
  2. e a carreira do PGPE.

Os membros da CNS estudam com profundidade as carreiras e subsidiam os debates do SINASEFE.

Atualmente com 10 membros sem mandato definido e indicados pelas chapas eleitas em Congressos Eleitorais, a CNS foi criada pela Lei que instituiu o PCCTAE (11.091/2005) e possui existência formal dentro da estrutura do MEC, com representação classista do SINASEFE e da Fasubra.

Conteúdo relacionado