Tempo real: 30 de maio

Compartilhar

Veja abaixo a cobertura em tempo real das atividades do Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação realizadas por trabalhadores e estudantes da Rede Federal de Educação em todo o Brasil. Atualizações nesta matéria serão feitas ao longo do dia.

Maceió-AL: defesa da educação pública levou mais de 10 mil pessoas às ruas da capital de Alagoas.

Rio de Janeiro-RJ: mais de 100 mil pessoas tomaram a Cinelândia, a Candelária e ocuparam a Avenida Rio Branco de ponta a ponta. A capital fluminense deu a resposta nas ruas contra o (des)governo Bolsonaro, que ataca a Educação Pública e os direitos dos trabalhadores.

Ilha Solteira-SP: aula pública foi realizada no campus do Instituto Federal com a mediação do Sinasefe IFSP.

Araraquara-SP: estudantes e servidores do IFSP participaram de passeata nas ruas do município dialogando com a população sobre a importância da Educação Pública, Gratuita, de Qualidade e Socialmente Referenciada.

30M: HOJE A AULA É NA RUA! | No Largo da Batata, em São Paulo, estudantes e servidores de diversos Institutos Federais do Estado formam um bloco e mandam o recado: "A nossa luta unificou!". Não aceitaremos que destruam o nosso futuro!#TiraAMãodoMeuIF

Posted by Sinasefe-SP on Thursday, May 30, 2019

São Paulo-SP: assista acima mais um vídeo da coluna de estudantes e servidores do IFSP na grande passeata que aconteceu no Largo da Batata durante este Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação.

30M: HOJE A AULA É NA RUA! | A coluna de estudantes e servidores dos Institutos Federais puxou a grande passeata que aconteceu na capital paulista, neste dia de luta!Mais uma vez, demonstramos nossa força e disposição de luta em defesa da educação! #TiraAMãodoMeuIF

Posted by Sinasefe-SP on Thursday, May 30, 2019

São Paulo-SP: assista no vídeo acima a coluna de estudantes e servidores do IFSP na grande passeata que aconteceu no Largo da Batata durante este Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação.

Campinas-SP: trabalhadores e estudantes do IFSP participaram da passeata que aconteceu no centro da cidade. Mais uma vez a luta em defesa da educação foi destaque!

30M: HOJE A AULA É NA RUA | SANTOS

30M: HOJE A AULA É NA RUA | SANTOSAs ruas de Santos, litoral paulista, também foram tomadas pelo tsunami em defesa da educação! Trabalhadores e estudantes dos Institutos Federais somaram forças para dar o recado: não aceitaremos cortes orçamentários!#TiraaMãodoMeuIF

Posted by Sinasefe-SP on Thursday, May 30, 2019

Santos-SP: as ruas da cidade foram tomadas pelo tsunami em defesa da educação! Trabalhadores e estudantes do IFSP somaram forças para dar o recado: “não aceitaremos cortes orçamentários!” Assista no vídeo acima.

Piracicaba-SP: estudantes e professores do IFSP participaram de mobilizações em defesa da Educação Pública, Gratuita, de Qualidade e Socialmente Referenciada.

São José dos Campos-SP: estudantes e servidores do IFSP participaram de mobilizações contra os cortes orçamentários do Governo Bolsonaro.

Belém-PA: caminhada do Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação levou mais de 70 mil pessoas às ruas da cidade.

Salvador-BA: soteropolitanos tomaram as ruas da cidade contra os cortes de verbas da Educação Federal.

Barreiras-BA: milhares de pessoas foram às ruas da cidade do oeste baiano para defender a Educação Pública.

São Paulo-SP: a grande manifestação unificada da capital paulista aconteceu no Largo da Batata.

Porto Velho-RO: duas mil pessoas protestaram na Avenida 7 de Setembro contra os cortes de verbas da Educação Federal.

Cuiabá-MT: Manifestação em defesa da Educação e contra os cortes tomou as ruas da capital mato-grossense.

Mossoró-RN: cerca de seis mil estudantes ocuparam as ruas da cidade nesta quinta-feira (30), protestando contra os cortes na educação feitos pelo governo federal (imagens: Deivson Mendes).

Posted by Sindsifce Sinasefe on Thursday, May 30, 2019

Fortaleza-CE: “Bolsonaro quer deixar a gente sem estudar, mas se o povo se unir, o Bolsonaro vai cair, o Bolsonaro vai cair, vai cair”, entoam estudantes e trabalhadores na capital cearense. Acima, transmissão feita pelo Sindsifce.

Florianópolis-SC: mais de 10 mil pessoas enfrentam a chuva na capital catarinense e ocupam as ruas após concentração na praça Tancredo Neves.

Campos dos Goytacazes-RJ: estudantes e servidores dos campi Campos Centro, Campos Guarus, São João da Barra e reitoria do IF Fluminense participam do #30M. Os manifestantes percorreram as ruas, junto com alunos da UFF, UENF e escolas estaduais para alertar a população sobre as consequências do corte orçamentário do governo Bolsonaro e convocar para a Greve Geral de 14 de junho. O grande ato aconteceu no Pelourinho, no Centro.

Aracaju-SE: cerca de 30 mil pessoas nas principais vias da cidade. Manifestantes saíram do Centro da cidade e seguiram para a zona sul. Ponto final vai ser o terminal DIA, um dos terminais de ônibus que concentram a maioria das linhas que circulam a grande Aracaju.

Natal-RN: Sinasefe Natal-RN marca presença neste 30 de maio, na capital potiguar a mobilização tem forte adesão dos trabalhadores da educação e o objetivo de demarcar território contra os ataques do governo Bolsonaro. Diversas cidades do Rio Grande do Norte também registraram mobilizações nesta quinta, confira na página da seção sindical. Rumo à Greve Geral de 14 de junho!

30 de Maio está sendo Maior!

#30M | Acontece agora: cerca de 4 mil pessoas marcham sobre as ruas da histórica cidade de Ouro Preto-MG em protesto contra os cortes na educação pública, em especial no IFMG e na UFOP, além de defender as aposentadorias – sob ameaça com a proposta da reforma da previdência do governo federal. Entenda o porquê do dia 30 de Maio, Dia Nacional de Luta pela Educação: Os sindicatos ADUFOP, ASSUFOP, SINASEFE-IFMG, SIND-ute, SINDSFOP, o DCE-UFOP e o Grêmio IFMG se juntaram novamente para lutarem pela EDUCAÇÃO PÚBLICA, DE QUALIDADE E CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA! No dia 15 de maio, mais de 222 cidades registraram protestos contra os cortes na educação. Houve diferentes formas de manifestações: aulas públicas, cartazes, performances e passeatas. Estudantes, professores e técnicos-administrativos foram às ruas contra os retrocessos na educação, contra o desmonte da previdência, contra o sucateamento do setor público. A ação conjunta e nacional do movimento estudantil e sindical foi motivada, dentre os diversos ataques à educação e aos direitos sociais implementados pelo governo Bolsonaro, após o corte de 30% das verbas de custeio das universidades e institutos federais (orçamento destinado a pagar terceirizados, material de escritório e laboratório, conta de água e luz etc), do bloqueio de diversas bolsas de pesquisa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do corte de 47% das verbas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) (2,5 bilhões), que são destinadas pela União aos estados e municípios para custearem a educação nos níveis fundamental e médio. Com esses cortes, a UFOP e o IFMG poderão interromper suas atividades neste ano. Juntem-se a nós! Somente organizados podemos mudar essa realidade!

Posted by Sinasefe IFMG on Thursday, May 30, 2019

Ouro Preto-MG: cerca de 4 mil pessoas marcham sobre as ruas da histórica cidade de Ouro Preto-MG em protesto contra os cortes na educação pública, em especial no IFMG e na UFOP, além de defender as aposentadorias – sob ameaça com a proposta da reforma da previdência do governo federal. Atividade foi convocada por diversas entidades: Adufop, Assufop, Sinasefe-IFMG, Sindute, Sindsfop, o DCE-Ufop e o Grêmio IFMG.

Blumenau-SC: mesmo sob chuva, mobilização contra os cortes no setor da educação ocorre na tarde de hoje em Blumenau. A noite ocorre a Aula Pública “FURB e os cortes, o que a gente tem a ver com isso?”, no Galpão da Arquitetura do campus da FURB, a partir das 18h30min.

São Luís-MA: após concentração na Praça Deodoro, trabalhadores e estudantes realizam mais uma passeata em defesa da educação pública até o bairro da Praia Grande, repetindo a estratégia do 15M, quando milhares participaram da mobilização.

Santa Teresa-ES: trabalhadores e estudantes do campus Santa Teresa do IFES se mobilizam às portas da instituição. Grupo também faz bloqueios na ES80, defendendo os investimentos na educação e denunciando reforma da previdência.

Brasília-DF: Isaías dos Santos, diretor do SINASEFE, avalia o ato de hoje da capital federal e convoca a população a aumentar ainda mais a mobilização iniciada em 15/05 para a Greve Geral da classe trabalhadora, que acontecerá em 14 de junho.

Ouro Preto-MG: após aulão com oficina de cartazes, e concentração na portaria da UFOP, estudantes e trabalhadores fazem uma parada na Praça da Bauxita, e seguem pelas ruas da cidade rumo à Barra, onde finalizarão a manifestação.

Ponte Nova-MG: estudantes, professores e técnicos do campus Ponte Nova do IFMG também se mobilizaram e foram às ruas na manhã desta quinta-feira lutar em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade! A comunidade acadêmica mostrou à população que quem faz balbúrdia é o governo federal, levando para a praça diversos trabalhos e pesquisas desenvolvidas na instituição.

Governador Valadares-MG: mobilização na manhã de hoje com estudantes, TAEs e professores do IFMG e da UFJF no centro de Gov. Valadares, região leste de Minas Gerais. Unidos em defesa da educação pública, do direito de se aposentar e contra os cortes nas instituições federais de ensino!

30M: HOJE A AULA É NA RUA! | SOROCABAEstudantes e servidores do IFSP participam de passeata contra os cortes orçamentários: "Não é mole, não! Tem dinheiro pro Queirós, mas não tem pra Educação!" 🍊#TiraAMãodoMeuIF

Posted by Sinasefe-SP on Thursday, May 30, 2019

Sorocaba-SP: estudantes e servidores do IFSP participam de passeata contra os cortes orçamentários. No vídeo acima, grupo entoa palavras de ordem como: “Não é mole, não! Tem dinheiro pro Queiroz, mas não tem pra Educação!”

Florianópolis-SC: assembleia dos servidores do IFSC, que antecede a participação da categoria no ato em defesa da educação, está quase no fim. A concentração para o ato acontece às 16 horas, na Praça Tancredo Neves, no centro de Florianópolis-SC. Mesmo com chuva, a programação está mantida.

Brasília-DF: mais de 25 mil pessoas tomaram as ruas da Esplanada dos Ministérios, na capital federal, para dizer ao Ministro da Deseducação e ao Presidente da República que vão resistir aos cortes de verbas, ao sucateamento das Universidades e Institutos Federais e aos ataques em curso à classe trabalhadora. Na capital do país, o prometido foi cumprido: o Dia 30 foi maior!

São Paulo-SP: atividades culturais e políticas marcaram o início deste Dia Nacional de Luta no campus do IFSP. O professor Vinicius Veneziani fez uma apresentação musical e a professora Ana Paula mediou uma roda de conversa. Servidores e estudantes vão participar, ainda hoje, da grande manifestação no Largo da Batata, que iniciará às 16 horas.

Capivari-SP: estudantes e servidores do IFSP realizaram panfletagens e visitas às escolas do município para dialogar com a população sobre a importância da Educação Pública.

São João da Boa Vista-SP: servidores e estudantes do IFSP realizaram aula pública em defesa da Educação e contra os cortes anunciados pelo Ministério da Educação (MEC).

Itaquaquecetuba-SP: estudantes e servidores do IFSP prepararam uma aula pública como parte das atividades da paralisação de hoje contra os cortes orçamentários.

Jundiaí-SP: estudantes e servidores do IFSP dialogaram sobre a importância da Educação Pública de Qualidade com a população na Praça Matriz do município.

30M: HOJE A AULA É NA RUA! | BOITUVAImagem aérea do abraço simbólico que estudantes e servidores realizaram na manhã deste dia de luta no Câmpus Boituva do IFSP!Vamos juntos defender a educação pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada!#TiraAMãodoMeuIF

Posted by Sinasefe-SP on Thursday, May 30, 2019

Boituva-SP: estudantes e servidores deram um abraço simbólico no campus do IFSP. Assista o vídeo acima.

São Carlos-SP: trabalhadores e estudantes tomaram as ruas de São Carlos-SP contra os cortes orçamentários e em defesa da Educação Pública!

Jacareí-SP: estudantes e servidores do IFSP fizeram uma oficina de cartazes e faixas durante a concentração para o ato deste Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação, que acontecerá a partir das 12 horas, na Praça Central do município.

Coelho Neto-MA: estudantes e servidores do IFMA foram às ruas neste Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação, demonstrando que a resistência aos cortes de verbas também se faz presente no interior maranhense!

30M: HOJE A AULA É NA RUA! | TUPÃTrabalhadores e estudantes abraçam o prédio do IFSP – Câmpus Tupã ao som de palavras de ordem como: "Não tem arrego!", entre outras. O gesto representa a defesa da educação pública, gratuita, de qualidade e socialmente referenciada. #TiraAMãodoMeuIF

Posted by Sinasefe-SP on Thursday, May 30, 2019

Tupã-SP: alunos e servidores do campus Tupã do IFSP fizeram um grande abraço ao Instituto Federal e entoaram a palavra de ordem “não tem arrego!”, demonstrando resistência aos cortes de verbas e demais ataques do governo Bolsonaro. Assista no vídeo acima.

#30M! Acontecendo agora no IFMA campus Monte Castelo o debate a contrarreforma da previdência e seus impactos na Educação Pública, com Amauri Fragoso, da Universidade Federal de Campina Grande. A atividade é parte das mobilizações deste Segundo Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Pública: à tarde tem concentração para ato no centro de São Luís e manifestações espelhadas por todo o estado e pelo país

Posted by Sinasefe Seção Monte Castelo on Thursday, May 30, 2019

São Luís-MA: o Sinasefe Monte Castelo-MA promoveu na manhã de hoje um debate sobre os ataques contidos na Reforma da Previdência do governo Bolsonaro (PEC 6/2019), tendo como palestrante o docente da UFCG Amauri Fragoso. Assista o vídeo da palestra no vídeo acima.

Brasília-DF: mais de 5 mil trabalhadores e estudantes se concentraram em frente à Biblioteca Nacional, na Esplanada dos Ministérios, para o grande ato em defesa da Educação na capital do país. A expectativa dos organizadores é de superar, em número de participantes, o ato realizado no Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação de 15 de maio, que contou com mais de 15 mil pessoas.

São Paulo-SP: trabalhadores e estudantes paralisaram as atividades do campus São Paulo do IFSP. Estão previstas atividades culturais e políticas nesta manhã, e, às 16 horas, participação na grande manifestação agendada no Largo da Batata.