Notícias

Toda solidariedade para Zuleide Queiroz!

Jornada de Lutas em Brasília-DF incomodou bolsonarista, que fez ataque racista à diretora do Andes-SN

O SINASEFE manifesta total solidariedade com Zuleide Queiroz, professora e dirigente do Andes-SN. Durante manifestação realizada no Aeroporto de Brasília, nesta terça-feira (16/11), Zuleide enfrentou ataque racista de um passageiro bolsonarista. Além de denunciar a PEC 32/2020, as atividades desta semana em Brasília incorporam a pauta da luta antirracista, homenageando pessoas como Marielle Franco, Zumbi dos Palmares e Moa do Katendê.

Em um determinado momento da atividade, o indivíduo – ainda não identificado – jogou lixo no local em que Zuleide Queiroz, 2ª vice-presidenta do Andes-SN, acompanhada de uma banda musical de matriz africana, realizava uma fala de apoio ao movimento negro, à Marielle Franco e contra o genocídio promovido pelo atual governo.

Segundo a dirigente, enquanto realizavam a atividade na área de desembarque do Aeroporto de Brasília, manifestantes sentiram que, do alto, alguém jogava restos de suco, café, entre outras coisas. ‘‘Ao olhar para cima, nos deparamos com um homem branco, raivoso, segurando uma lata de lixo e derrubando todo o lixo na nossa cabeça. Ele simplesmente jogou todo o lixo e saiu andando. Mesmo vendo a atitude do homem, policiais não o abordaram e ele seguiu tranquilamente para fora do Aeroporto. O racismo foi explícito. Ele jogou o lixo em nós, negras e negros’’, pondera Zuleide.

Para além da solidariedade classista pertinente ao movimento sindical, o SINASEFE reafirma seu apoio incondicional à Zuleide e aos demais lutadores e lutadoras que enfrentaram o ataque racista. A luta antirracista é de todas e todos e seguirá, obviamente, incomodando bolsonaristas e racistas cada vez mais.

E no próximo sábado(20/11), as ruas do país serão tomadas pelo grito unificado: Fora Bolsonaro, seu racista! Pelo fim do genocídio do povo negro!

Encontro de Mulheres

A professora Zuleide esteve no 1º Encontro de Mulheres do SINASEFE, em 2018, participando de uma das mesas falando sobre mulher, raça e classe. Na ocasião ela também fez uma homenagem à Marielle Franco.

*Com informações do Andes-SN

Conteúdo relacionado