159ª PLENA do SINASEFE reforça adesão à Greve Geral

Compartilhar

Reafirmando a luta em defesa da aposentadoria e contra a reforma da previdência, o SINASEFE aprovou, durante sua 159ª PLENA, adesão à Greve Geral de 14 de junho. O movimento paredista nacional, convocado pelas Centrais Sindicais em 1º de maio, envolverá trabalhadores de numerosas categorias. A paralisação das atividades por 24 horas, em todo território brasileiro, é um protesto contra a reforma da previdência (PEC 6/2019), que representa o fim da aposentadoria.

Em cada fábrica, canteiro de obra, órgão público, escola, igreja, centro comunitário, enfim, em todos os locais, é preciso organizar a Greve Geral. É urgente discutir com os trabalhadores os malefícios da Reforma da Previdência e dos ataques do governo e do Congresso.

Na preparação da Greve Geral, o SINASEFE orienta às seções sindicais que realizem reuniões, assembleias, panfletagens e impulsionem o abaixo-assinado contra o fim da aposentadoria, além de fazer campanha nas redes sociais.

Materiais
Baixe aqui um modelo de Faixa para a Greve Geral , o Cartaz do SINASEFE chamando para a Greve Geral e o panfleto unificado (com assinaturas de todas centrais).

Confira ainda material elaborado pela CSP-Conlutas para esta mobilização.