Notícias

Solidariedade à Carol Iara

O SINASEFE NACIONAL manifesta sua irrestrita solidariedade à covereadora Carolina Iara (PSOL), integrante da Bancada Feminista na Câmara Municipal de São Paulo-SP, que foi alvo de um atentado na madrugada de ontem (27/01), quando dois tiros foram disparados contra sua casa.

A parlamentar estava com a mãe e o irmão no momento do ataque e ninguém foi ferido. Ela teve acesso às imagens da câmera de segurança de um vizinho e já registrou um boletim de ocorrência junto às autoridades policiais.

Segundo a assessoria de Carol Iara, um carro branco, com vidros escuros, ficou parado na frente da casa por cerca de três minutos no horário em que os tiros foram disparados. A principal suspeita é de crime motivado por intolerância, já que Carolina Iara é a primeira covereadora intersexo eleita no país, além de ser negra, trans e conviver com o vírus HIV.

A parlamentar foi coeleita em 2020 para a Câmara Municipal de São Paulo-SP com 46.267 votos. No coletivo, há ainda outras quatro covereadoras: Silvia Ferraro, Paula Nunes, Dafne Sena e Natália Chaves.

Na opinião da Bancada Feminista, “foi um crime político, por tudo que a covereadora representa como liderança de movimentos de pessoas trans; exigimos investigação imediata, pois não podemos permitir que uma mulher preta, travesti e intersexo seja silenciada com violência”.

O SINASEFE NACIONAL considera o ato de violência contra Carol Iara um evento tenebroso, que é inadmissível e incompatível com o Estado Democrático de Direito. Que os responsáveis sejam identificados e responsabilizados pelo crime que cometeram!

*Com informações do Jornal Brasil de Fato

instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share