Seminário Nacional do Fórum Pelos Direitos & Liberdades Democráticas

Compartilhar

Nos dias 14 e 15 de dezembro, em São Paulo-SP, o Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos & Liberdades Democráticas realizará seu primeiro Seminário Nacional.

O evento será realizado no Centro de Formação do Sinpeem, que fica na Rua Guaporé, nº 240, bairro Metro Armênia da capital paulista.

Programação

A programação do Seminário Nacional será a seguinte:

Sábado, 14 de dezembro

  • 8 horas: recepção e credenciamento
  • 9 horas: mesa “Conjuntura Brasileira e os desafios para as entidades e organizações classistas”
  • 14 horas: mesa “Mundo do Trabalho e a organização da classe trabalhadora no Brasil”

Domingo, 15 de dezembro

  • 9 horas: mesa “Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos & Liberdades Democráticas e o Encontro Nacional da Classe Trabalhadora (Enclat)”

Download

Baixe aqui o cartaz do Fórum com a programação e o convite para o Seminário Nacional de 14 e 15 de dezembro.

Sobre o Fórum

O Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos & Liberdades Democráticas foi lançado oficialmente em 19 de fevereiro deste ano, em atividade realizada na sede da Apeoesp, em São Paulo-SP.

O SINASEFE está na construção deste Fórum desde suas primeiras reuniões, em outubro do ano passado, seguindo a deliberação da 154ª Plenária Nacional que versa sobre a formação de uma Frente com um programa classista, que se coloque como alternativa de direção para a classe trabalhadora.

O Fórum Sindical, Popular e da Juventude de Lutas Por Direitos & Liberdades Democráticas tem por ideia aglutinar partidos políticos de esquerda, entidades sindicais, estudantis, movimentos sociais, populares, de lutas contra as opressões etc para construir a mais ampla unidade de ação contra o governo neofascista de Jair Bolsonaro, tendo por foco inicial os seguintes eixos de ação:

  1. Defesa dos direitos trabalhistas e contra o fim do Ministério do Trabalho;
  2. Defesa da previdência pública e universal;
  3. Defesa da educação e da saúde públicas, gratuitas e de qualidade;
  4. Defesa da política de igualdade racial, de gênero e respeito à diversidade sexual;
  5. Defesa das liberdades democráticas;
  6. Defesa da reforma urbana e agrária;
  7. Contra a criminalização dos movimentos sociais;
  8. Pela revogação da EC 95/2016;
  9. Em defesa do emprego, salário e moradia;
  10. Em defesa do setor público estatal e contra as privatizações;
  11. Pela liberdade de ensinar e de aprender, em defesa da autonomia das instituições de ensino públicas.