MPV 914/2019 perdeu seus efeitos

Compartilhar

David Lobão, coordenador geral do SINASEFE, fala no vídeo acima sobre o arquivamento da MPV 914/2019, cujo texto alterava completamente o processo de escolha dos dirigentes das Universidades Federais, dos Institutos Federais (IFs) e também do Colégio Pedro II.

A MPV 914/2019 caducou e, com isso, volta a valer o regramento anterior à MPV 914/2019, que prevê a posse do candidato mais votado (sem envio de lista tríplice e com igual peso de escolha entre estudantes, técnico-administrativos e docentes) e as realizações de eleições para as direções dos campi dos IFs e do Colégio Pedro II.

Conteúdo relacionado